quarta-feira, 2 de maio de 2007

Gafe

É o tempo das gafes. "Em Abril águas Mil" e em Maio chove pa caralho!
São as gafes do tempo.
É verdade que as gafes não existem, pelo menos no dicionário, por isso... NÃO HÁ GAFES, ponto um e final, não é?


#2
Andam a assustar-nos com a desertificação e chove!
Pa quê o ponto de exclamação?
Chove porque o efeito de estufa, mais o aquecimento global, isso determinam. Folgo portanto em saber que as minhas fumaças contribuem para mais chuva, tal como os euros de gasolina e consequente CO2 da terra vou libertando.
O que sobe cai, o que aperta segura e o que arde cura.
Chove portanto, e bem, ou mal, pois CO2 em determiadas combinações resulta em H2SO4
#3
Estão, ou deveriam estar, a pensar onde é que eu quero chegar. Afinal quero é partir.
Partir para outra.
Estou baralhado, mais, estou confodido.
Não é que anda tudo às avessas?
Senão vejamos, o articulado (mal):
§1
Luis refila por Zé fazer uma política mais à direita que a dele!
Puro cinismo, ou garganeirismo?
Deixe lá, não se incomode Dr, o Engº até tá a fazer o seu trabalho de casa adiantado! Será que lhe entrou alguma coisa para o olho, ou está a piscar o dito à esquerda?
Moral: anda tudo às uvas do quintal do vizinho e quando assim, é...
A que uvas pretende chegar PP?
§2
Pois o paulinho não quer chegar a outro lado que não seja o bem da nação. Vai daí, em dia do trabalhador, sai-se com esta que, confesso, nem sabia:
“o trabalho liberta”, recorrendo a um dos lemas nazis mais utilizados nos campos de concentração durante a II Grande Guerra.
Uma gafe, foi uma gafe. Ele queria dizer, talvez, com certeza,
O trabalho dignifica
Merda, tiha esquecido que gafes não existem, pelo menos no dicionário. PP não é um bronco e ignaro como eu. De sólida cultura, PP não citou de ouvido qualquer reminiscente conceito.
Andará o paulinho a piscar os apoios de José Pinto-Coelho?

E este, não pisca? Ai pisca, pisca, garanto-vos, se não vejam:

De novo estamos na rua a celebrar o 1º de Maio. Com cobertura mediática, ao contrário do que sucedeu no ano passado nas Caldas da Rainha, este ano, os portugueses ficam a saber que uma das datas importantes para o PNR e para os Nacionalistas é justamente o 1º de Maio. Uma das nossas principais causas é a das questões relacionadas com a justiça social.

Acho que é altura de fazer


3 comentários:

maria_arvore disse...

:)))

E se em vez de balanço déssemos uns chutos na(s) bola(s)?... ;)

Estas ultrapassagens pela direita fazem-me sentir via rápida das corridas pelo poder.

Maria disse...

"O que sobe cai, o que aperta segura e o que arde cura."

Vou escrever esta frase num post it e colar no pc do escritório ^-^

beijos meu fofo

Nanny disse...

Estou com a Maria (a árvore) venham de lá essas bolas que eu já tenho o pé a jeito!