sexta-feira, 20 de outubro de 2006

Cum caneco

blog que mui (ade)miro

Personagens:

(Conhecem-se de vista, cumprimentam-se ocasionalmente no café da zona onde trabalham)

  • Advogada, trinta e cinco anos, bem compostita.

  • Profissional desta vida, 40 anos vividos, bem composta

Cenário:

Escritório da advogada, lá para os lados do elevador de Sta. Justa.

II acto, cena 2 ( preliminar da consulta)
Dra. - Como tem passado, hum... a minha amiga?
Prof. - Bem, quer dizer, sabe como é a crise...
Dra. - Pois é toca-nos a todas.
Prof. - Sim é verdade, mas não me queixo.
Sabe doutora, não há homens impotentes, há é mulheres incompetentes.
(...) Strictly joking

2 comentários:

maria_arvore disse...

Muit'agradecida por tantas referências. :))

E tenho de concordar que não há homens impotentes: há é homens que do seu corpo todinho apenas usam o pénis. ;) (just joking ;)

Erecteu disse...

Mariarvore,
Cada um dá o que tem e a mais não será obrigado... especialmente se for de boa vontade.

Não sejas demasiado exigente com os outros, vá lá.

Serious. B> (no joking B)

B.joko-te