quarta-feira, 18 de março de 2009

Colapsos & lapsos

Volta e meia, faltando-lhe a memória, o meu computador vai a baixo.




Não me admira que o BPN tivesse colapsado.


***


Ocorre-me à memória os tempos de criança em que minha mãe me dizia:

-Mas o que é que disse, Erecteu?

Apanhado com a boca na botija, candidamente:

-Desculpe mãe, não me lembro.

Provávelmente, seguia-se uma nalgada.

-Esta é pela que fizeste.

Mas, invariavelmente, não falhava.

-Esta é para não te fazeres de sonso.


***

É obvio que altos quadros já não têm idade para serem tratados à nalgada, mas... podem ficar impunes?



.

Mentira - Manu Chao

2 comentários:

Finúrias disse...

Esta gente não é do povo, por isso fica sempre impune !

Não é de estranhar, isto é Portugal!

maria_arvore disse...

Ai coitados!... Tu queres ver que estes homens nem tinham secretárias para lhe lembrar os compromissos?... ;)
Eu internava-os já ali para a Gomes Freire para o descanso merecido depois de um trabalho tão exaustivo e poderem assim recuperar a memória. ;)