quarta-feira, 13 de junho de 2007

Nem ele lhe valeu


O Centro de Saúde de Vendas Novas foi encerrado por determinação ministerial, sucede que uma decisão judicial impôs a sua reabertura. O ministério da saúde não acatou, decidiu recorrer. Se está ou não no seu direito, não sei. Sei que uma população em peso manifestou a sua indignação pelo prejuízo que acarretaria o seu encerramento.
.
.
Não sei como se chamava
Nem sei que idade tinha
Mas sei que ela morava
Ao lado da capelinha.
.
.
.
.
.
A notícia correu, hoje, logo pela manhã, discreta, no meio das do rescaldo das marchas: Uma mulher residindo a 500 m do Centro de Saúde de Vendas Novas, acometida de um ataque cardíaco, teve de ser evacuada para o Hospital de Évora.
Sucede que a lei da vida não se conforma com as regras da administração pública e assim uma mulher de quem não sei o nome, a idade, ou a cor dos olhos, morreu.
.
Há dias fiz uma paródia que me valeu comentários lisonjeiros pelo seu humor.
Porra, afinal aquilo não tinha piada nenhuma.
.
***




Mandad’ ei comigo
Martin Codax (sec XIII)

Mandad’ ei comigo
ca yen meu amigo:
Eirey, madr' a Vigo!

Comigo’ ei mandado
ca vem meu amado:
Eirey, madr’ a Vigo!

Ca yen meu amigo
e yen san’ e vivo:
E irey, madr’ a Vigo!

Ca yen meu amado
e yen viv’ e sano:
E irey, madr’ a Vigo!

Ca yen san’e vivo
e d’el-rey amigo:
E irey, madr' a Vigo!

Ca yen viv’ e sano
e d’el-rey privado:
E irey, madr' a Vigo!

4 comentários:

Ema disse...

(...)"QUERO MORRER PERTO DE TI,DE NADA ME SERVE MORRER INOCENTE.(...)
QUANDO SENTIA O TEU CORPO CONTRA O MEU OUVIA, LÁ FORA,A FÚRIA DO MAR. ERA UM PRESÁGIO DE FELICIDADE, MESMO SABENDO QUE SÓ O MAR DAS OUTRAS TERRAS É QUE É BELO.(...)

NÃO TENHO VERGONHA DE DIZER OU ESCREVER ISTO: amo-te ainda.

AL BERTO, CANTO DO AMIGO MORTO.

Elipse disse...

"ao lado da capelinha" é uma imagem fabulosa para ilustrar a morte por negligência a que nos condenaram já há muito neste país.

maria_arvore disse...

Bem... está visto que as políticas deste governo vão de vento em popa na soma das mortes que provocam.

Será que também querem que os tribunais sejam controlados pelo governo como antes do 25 de Abril?...

Erecteu disse...

ema,
Belos são os poemas de Al Berto, qualquer dia aparece um criativo que vem com o ALLBERTO ;)
Os sentimentos não envergonham, quanto muito amachucam.

----
Elipse,
A maria-arvore, pôs um post sobre os ilustres que se foram em trezes idos, a eles se soma uma ilustre desconhecida, que poderia ter como epitáfio:
Aqui jaz alguém para quem a vida teve preço.

-----
maria,
Sinto-me esmagado perante a omnipotência governamental.
Sei que estou errado,
qualquer dia, qualquer dia...