segunda-feira, 26 de março de 2007

Coisas boas

são para partilhar.

E as muito boas?

(de António Melenas - poesia e testemunhos)
(de Helena Isabel Ponce - emoção até mais não)
Deixem para lá as baboseiras que por ali abaixo vão ,
cliquem nas ligações, aqui, mesmo á mão

4 comentários:

António Melenas disse...

Só posso agradecer o espiche!!!
e ainda por cima, acompanhado de uma pessoa que eu muito preso - pela escrita e pelo caracter - a Isabel ponces

Isabel disse...

Muito obrigada.
Sou das que me surpreendo com estas coisas e confesso chego mesmo a derreter-me. Se soubesses como essas coisas sabem bem. Especialmente que o tivesses dito depois de ter lido este texto em especial que elogiando um "Louco" nada louco tinha muito a ensinar a todos nós.
O meu amigo António Melenas que além de ser um ser humano maravilhoso tem uma experiência de vida riquissima e escreve escreve escreve com a força o talento e o génio de um grande escritor ( que o é) é de facto uma companhia excelente... não o conheço pessoalmente mas somos amigos daqui e adoro-o falaria com ele horas sem me cansar...
A tua escrita é tambem riquissima e poderosa... espero que te leiam muito pois muito é o que tens para dizer.
Eu fiquei fã.

Obrigada de alma e coração

Isabel

China-Blue (Nix) disse...

As coisas muito boas, não se partilham... sim, sou egoista!

miss u!

psique disse...

as coisas boas realmente boas, partilham-se com quem amamos, gostamos e respeitamos...;)