segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Se não mata,

mói.

4 comentários:

rui disse...

Olá Erecteu

Já fui fumador durante longos anos.
Hoje não fumo, deixei este vício a algum tempo e sinto-me muito bem.
Fumar mata.

Grande abraço, amigo

maria_arvore disse...

Se até respirar nos mata em cada dia fazendo-nos gastar o nosso precioso corpinho a questão é mais como queremos viver: com prazer ou sem. :))

Por mim, não quero viver muitos anos se neles não puder fazer o que gosto. Por isso, fumo. ;)

Filipe disse...

Fumar mata. mas é só alguns!

diefe disse...

Fumar, respirar, comer, ... viver mata! Cada um que faça da sua vidinha o que bem quiser. Eu opto pelo fumo, tá bem?! OK!