terça-feira, 11 de setembro de 2007

Lamechices

Detesto-as e tropeço nelas constantemente; mas é a vida na sua lei, como a gravidade que me prende nesta órbita apertada de planeta anão em vias de desclassificação.

***

Descalços e ignaros escolheram a gasolina, as pedras, e oTNT.

Foram, à sua maneira, "davides" e "quixotes" acometendo, golias blindados sem os confundirem com moinhos de vento e, à nossa maneira, foram gozados .

Rimo-nos dos loucos que insistem em bater com a cabeça nas paredes, rimo-nos até aprendermos que os loucos são capazes daquilo que não nos passa pela nossa.

Um dia o mundo, atónito, viu a barbárie trocar pedras, gasolina e coletes por aviões; trocar blindados e muralhas por Torres Gémeas e trocar o seu campo de batalha, pelo nosso.

Só não trocaram o grito final: Allah ak bahr

foi um triste dia, gritou-se -assim não vale-


O Primeiro Dia

A principio é simples, anda-se sózinho
passa-se nas ruas bem devagarinho
está-se bem no silêncio e no borborinho
bebe-se as certezas num copo de vinho
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Pouco a pouco o passo faz-se vagabundo
dá-se a volta ao medo, dá-se a volta ao mundo
diz-se do passado, que está moribundo
bebe-se o alento num copo sem fundo
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E é então que amigos nos oferecem leito
entra-se cansado e sai-se refeito
luta-se por tudo o que se leva a peito
bebe-se, come-se e alguém nos diz: bom proveito
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Depois vêm cansaços e o corpo fraqueja
olha-se para dentro e já pouco sobeja
pede-se o descanso, por curto que seja
apagam-se dúvidas num mar de cerveja
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Enfim duma escolha faz-se um desafio
enfrenta-se a vida de fio a pavio
navega-se sem mar, sem vela ou navio
bebe-se a coragem até dum copo vazio
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E entretanto o tempo fez cinza da brasa
e outra maré cheia virá da maré vazia
nasce um novo dia e no braço outra asa
brinda-se aos amores com o vinho da casa
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida.


Sérgio Godinho -

5 comentários:

rui disse...

Olá Compadre

A Lamechice, também faz parte da vida!
Um homem também tem os seus momentos de fraqueza!
O grito acompanha a intensidade da revolta ou da dor.

Grande abraço

maria_arvore disse...

Erecteu,
como os interruptores estamos ora para cima ora para baixo mas enquanto não nos faltar energia é uma delícia viver cada dia como o primeiro. :)

(sou suspeita, porque desde que no início da adolescência conheci esta canção mais a da Etelvina que fiz delas a minha filosofia de vida)

Maria disse...

Amo-te!


beijinhos da tua bolachinha

Erecteu disse...

Rui ,
O 11 de setº já passou

Maria-baum
;) para ão falar dos comutadores pifados .)
Bjs.

Bolachinha
:)))
me too
:)))

Elipse disse...

mas vale tudo, não achas? Ou não vês?! Já não há valores e os poucos que os preservam são loucos.