segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

Da primeira, afiambrara-me a pensar que ia haver festa e a tipa atalhara de imediato: -Foi muito agradável, amanhã tenho montes de coisas para… -Não faz mal, eu compreendo, deixa lá. Dois beijinhos e aí estava despachado. Na verdade nem pretendia saltar-lhe logo, à primeira, para a cueca mas sabe-se lá, um café e um brandy, mais um pouco de conversa; criar alguma forma de aproximação. Era isso mesmo! A expectativa era essa. Oportunidade de a conhecer melhor, até porque mal a vi achei-a interessante: elegante, algo nervosa e armada de uma atitude que não deixa qualquer um pisar-lhe os terrenos.
Puta de vida. Outra vez? Teatro e cama? Vejam lá, eu ao deus dará! Merda pá ideia de a convidar, já tenho idade para ter juízo. Conversa porreira, pele macia, e alguma meiguice é o que não falta para aí. Foda-se, podia ter aceite o convite da do cartório, -é Olga ou Odete?-, ou ter telefonado à engenheira que cada vez que me vê não perde a ocasião de mandar a boca de que deveríamos combinar um programinha.
Puxo de um cigarro, uma e meia!.. -Traga lá mais outra. Bebo esta e piro-me. Bem… aquelas que entraram há bocado, estão para ali com fosquices, ainda vamos ter conversa, a morena até é jeitosa. Ora! Parece que adivinhava, não teriam mais ninguém a quem pedir lume? -Com certeza, faz favor. –Já agora, chamo-me Daniel. -Cristina e Sónia, é? –Muito gosto. –Ah, se estão sozinhas, faço-vos companhia, o que é que estão a tomar?
000

Até parece que te deixaste apanhar pelos TLEBS, ou foi por não estares completamente acordadita.

No jogo viril pretende-se de facto foder; as canelas o calcalhar d'Aquiles, o menisco etc. mas... sempre sem que o adversário e muito menos o arbitro possam dizer que foi por maldade.

Depois há o contexto.
Já viste o Erecteu abereisar-se de ti e segredar: -Fausta, Paixão minha, estou cheio de virilidade.
Tu rias-te, prantavas no blog e eu era objecto do maior gozo passando pelo Garfiar, Marias, acabando no Bino.
Por outro lado, se te bichanasse ao ouvido: ESTOU CHEIO DE TESÃO. Chamavas-me parvo, inconveniente, sei lá...

Bom adiante. O que interessa é que o Benfica lhes enfiou com duas nas nalgas, embora, lamentavelmente, não viesse de lá virgem.

Beijinhos

PS - Não desesperes. Também não compreendo as mulheres, e olha que bem me esforço.

9 comentários:

Maria disse...

Threesome anyone?

:P

Ai estes homens...

maria_arvore disse...

:)))
Grande dois em um de jogo viril: o
jogo de metáforas socialmente aceite para nada parecer o que é... ;)

(Fizeste-me lembrar uma cena do Totsie :)

Fausta Paixão disse...

passei por aqui e dei comigo escarrapachadinha na vassourita a ouvir segredar ao ouvido...e...
... o quê???

... eu já volto...

rui disse...

Olá Compadre Erecteu

Tenho andado atarefado por aí, mas hoje venho fazer uma visita.
Então, a coisa desenrolou-se assim?
Mas então não é! Tens toda a razão, é muito difícil compreender as mulheres. :)))ehheehheheh

Grande abraço Amigão

Maria disse...

Nunca mais chega o dia 11 para o Sim dar uma abada ao Não...


beijinhos

Fausta Paixão disse...

Agora sim. Depois do efeito daquele teu sopro ao ouvido… fiquei completamente … atordoada.
… é que uma mulher nunca sabe com o que é que conta vindo de um homem!
Será uma questão de dialéctica esta incompreensão mútua?
Quanto à gramática, meu amigo, acho que podemos sempre guardar os termos mais antigos, mesmo que nos digam que estamos fora de moda… não esquecendo, claro, que o vernáculo dá sempre jeito em ocasiões propícias a um suspiro mais forte.
E como é que te foi passar pela cabeça que eu ia usar-te para um dos meus desabafos faustosos. Logo eu…
Sobre o que contas sempre te digo que não te metas em engenhos que isso é muita mecânica e pouco assunto. Apesar da idade, claro, que (tu é que dizes) já era idade de teres juízo.
A propósito: onde é que gostas mais da canelada?

Erecteu disse...

Bolachinha,
Ther´s everyone.
Não estou tão seguro quanto à abada.
Bjs.

-----
Maria-baum,
Tootsie! Não me tinha apercebido, mas faz sentido!
Bjs.

-----
Rui,
É difícil, impossível mas bom
Um abraço.

----
Fausta,
Não se pode ter tudo e muito menos o que tudo se quer, sequer. Juízo nunca abundou, a idade é um ganho adquirido.
Andava com vontade de me meter contigo, não sei porquê mas andava.
Quanto à semântica... ainda bem que ela existe.
Há alternativa de lugar para a canelada? Se houver prefiro no pescoço e por meio alternativo ao pé.
Gostei de te ter por cá
Beijinhos.

Nanny disse...

E de onde surgiu este registo meio a garfiar, meio...

As voltas que estas casitas dão em 2 ou 3 dias que uma gatita se ausenta... tá bonito, tá!

Erecteu disse...

Nanny,
Sinto-me lisonjeado, pela comparação mas imerecida. Garfiar como muitos outros não são comparáveis. Não me arrisco a mencioná-los porque deixaria de fora alguém como Maria-arvore, Bino, Bad e... Maria. "N" e n referências como Rui e... Porra, alguém me diz onde anda aquele, aquele... maltez do Saltimbanco? Todos os dias lá vou e..."é difícil tomar decisões em Dezembro", foda-se o gajo.
Viste no que me meteste? Imaginas os nomes que me estão a chamar gatas, porquinhas e rafeiros, de quem tanto gosto? Viste porque é que não menciono ninguém? É que eu não sou parvo e não quero ferir susceptibilidades.
Eu sou muita esperto, sou mesmo ;)
Beijinhos