quarta-feira, 27 de dezembro de 2006

Manhã

Os dias, embora curtos, foram-se arrastando por aquela semana, Nereu não se aquietava até que, uma tarde enquanto cumpria a sesta obrigatória, ouviu a porta do pátio; Adelaide entrava acompanhada de uma menina -Margarida chegava a casa dos avós, para passar as férias, agora que entrara para a escola. Logo que pôde, Nereu, desceu ao pátio, para ali se entreter jogando as suas caricas; certeiramente visava ora uma ora outra, não tardou que se sentisse observado; mudou de jogo, agora percorria uma pista desenhada a carvão no chão cimentado, cumprindo escrupulosamente todas as regras; Margarida observava de soslaio enquanto compunha a boneca que repousava nas pernas; Nereu afoito lançou uma tampa com mais força, Margarida seguiu com o olhar o deslizar do pequeno pedaço de lata até este se deter a escassos palmos dos seus pés; hesitou, olhou Nereu, pegou nela e dirigindo-se a ele de mão estendida disse: -Toma.
Tão simplesmente começou aquela amizade, como aquelas que só distancia e muito tempo fazem esquecer.

Nereu ao acordar, vigiava a casa de Adelaide; aparecida Margarida voava escadas abaixo ao seu encontro; Adelaide colocava, ao sol, uma manta de retalhos onde os catraios se entretinham em brincadeiras comandadas por Margarida; Nereu, trocou as caricas por conchas que eram tachinhos, bonecos e caminhas; aprendeu com prazer brincadeiras de menina.

O resto da semana voou.

5 comentários:

Nanny disse...

Esses amorzinhos de infância, tão doces e avassaladores, que ficam para toda a vida num cantinho da memória.

Essa tua capacidade de me fazer recuar no tempo é simplesmente fabulosa!

Beijoca e bons posts para 2007

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

a alegria de se ser criança...
muito bonito :)
beijinhos e bom ano

jj disse...

"Tão simplesmente começou aquela amizade, como aquelas que só distancia e muito tempo fazem esquecer."

That's exactly it!

Jinhos.

os membros associados disse...

Bá, beu, eu bambém biz bolecção de baricas!

Erecteu disse...

NannY,
De fafuloso tem mais a memória que a fantasia, de qualquer modo obrigado, beijinhos.

-----
Nadir,
Vou-me a terras tuas.
Se lá te vir dou-te este beijinho.

-----
Fico contente com a consonia.
Um beijão.

-----
bembro ;)
Bira uma barica ba bi
Um abração.

UM FELIZ ANO PARA TODOS