quarta-feira, 25 de abril de 2007

Sempre

Tempos a tempos lá vinha aquela conversa:
–Não imaginas o que é andar de sapatos apertados.
Mal disposto e rezingão, o velho é uma seca.
Por acaso sinto hoje os pés um pouco apalpados.





9 comentários:

psique disse...

Sempre... beijos amigo

Erecteu disse...

Isto é que é rapidez de resposta :)
Sempre, amiga, sempre.
Beijos

Elipse disse...

beijo vermelho com sabor a memória presente.

diefe disse...

Quando é que o refazemos?!:(
bjs

jp disse...

foi da manif?
;)*

maria_arvore disse...

Depois das brumas, 25 de Abril sempre. :)

E se começar nevoeiro, chama-se mais cinco para ficarmos por cá. :)

Nanny disse...

Venham mais cinco deditos para uma massagem nesses pés...

Beijocas avermelhadas

Arauto da Ria disse...

Quantos seremos ou precisamos de ser para não deixar esfumar o pouco que resta das conquistas de ABRIL.
25 de ABRIL SEMPRE..!

António disse...

Entrei hoje por acaso, mas não vai ser hoje que vou ler o muito que aqui existe. Vou guardar o link para logo que tenha oportunidade.
Chamou-me a atenção a fotografia acima, que verifiquei que nomearam de 'maia', possivelmente numa ligação ao Capitão Salgueiro Maia da Escola Prática de Cavalaria (EPC) de Santarem. Queria deixar uma informação sobre a imagem acima, que não sei se terão. Esta fotografia foi tirada na manhã de 03 de Maio de 1974 por um(a) reporter/jornalista, creio que da revista 'Flama' ou do 'Século Ilustrado' frente ao Quartel General de Lisboa. O militar em primeiro plano era o cabo Tudela, homem que era já de alguma idade - talvez perto de 50 anos, e que terá preferido ficar no exército apesar de ser 'cabo'(um baixo vencimento salarial).
Ele e os outros militares visiveis pertenciam a uma segunda vaga de militares idos da Escola Prática de Infantaria (EPI) de Mafra para render os primeiros camaradas da mesma unidade (eu incluido) que tomaram parte nas operações desde a madrugada de 25 de Abril até eles nos irem render. Desde que saí de Mafra nunca mais o vi, não sei se ainda é vivo, espero que sim e de saúde! Um abraço.
(ex)Furriel Branco - CAP/EPI.